quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Pseudografia

Oh palavras! 
dancem sem véu!
Poesia forçada
morre como indigente.

6 comentários:

  1. Na dança das palavras
    a poesia é a rainha do salão.

    ResponderExcluir
  2. Adoro concisão.

    Pois então que dancem como as folhas que caem da árvore. De um lado pro outro, num movimento singular .

    (Li o teu último comentário e, realmente, concordo. Mudei a fonte do último texto. Depois tu me diz se tá bom, ou se outra é melhor. =] Obrigada.)

    ResponderExcluir
  3. Socorro! Tu escreve muito profundo, menina! :) Se entendi, também quero isso: nunca escrever sem a alma. Quero sempre escrever de dentro e com destinatário definido.


    Amei a nova cara do blog. Tá lindo aqui!

    Beijão

    P.S. Já sinto falta das nossas conversas. :)

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Show! Tô viajando aqui nas suas palavras dançantes!

    Ah, passei no mestrado em Educação da UERN :D

    bjo

    ResponderExcluir
  5. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION
    MIMA

    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE TOQUE DE CANELA ,STAR WARS, CARROS DE FUEGO, MEMORIAS DE AFRICA , CHAPLIN MONOCULO NOMBRE DE LA ROSA, ALBATROS GLADIATOR, ACEBO CUMBRES BORRASCOSAS, ENEMIGO A LAS PUERTAS, CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER ,CHOCOLATE Y CREPUSCULO 1 Y2.

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir
  6. "Poesia forçada morre como indigente."
    FATO.

    ResponderExcluir

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!