segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Guirlanda (Aniversário)

As gotinhas escoaram
Da pétala ao pequeno caule;
Eu achei tão bonita
A dança da água na roseira!

Olhei e vi as três meninas
Brincando de cirandinha;
Seus vestidos foram colhidos
De roseiras tão coloridas!

E eu, que não sou mais criança
Fiquei com inveja da dança,
Da ciranda e dos vestidos,
Tão delicadamente floridos!

Colhi, então, no jardim
Flores de todos os tipos!
Fiz um buquê de jasmins
Orquídeas, rosas e lírios.

São bonitas as formas e as cores
Das pétalas das minhas flores!
E ao som daquela ciranda
Costurei-me uma guirlanda.

Guirlanda que me adorna!
Contemplo a dança das gotas,
Das meninas, das horas
Estações de flores-rotas.

Guirlanda sobre a cabeça
Coroa de graça e beleza
Alívio e delicadeza
Poesia simples: pureza.

(Jemima Moura)

2 comentários:

  1. Coisa mais liiiiinda!!
    Eu quero uma guirlanda dessas!

    Esse poema tá a sua cara, Mima! Lindo, puro e suave como você.

    Que felicidade poder participar de uma festa tão bonita, de uma poetisa de alma tão clara..!

    Abraço forte!

    Camila

    ResponderExcluir

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!