quarta-feira, 6 de julho de 2011

Parte II - a (Cecília Meireles)

Em Vaga Música:

GAITA DE LATA

Se o amor ainda medrasse,
aqui ficava contigo,
pois gosto da tua face,
desse teu riso de fonte
e do teu olhar antigo
de estrela sem horizonte.

Como, porém, já não medra,
cada um com a sorte sua!

(Não nascem lírios de lua
pelos corações de pedra...)

Um comentário:

  1. Vim passear por aqui, fiquei procurando os poemas de sua autoria. Gostei muito de tudo que li e da influência de Cecília em vc, belíssimo espaço!

    Beijo.

    ResponderExcluir

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!