quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Por ele vela

A vela do barco,
Um vento, um temporal
A vela no vento

A vela é do barco ou do vento?
O barco é do mar ou da vela?
A vela guia, via no vento

Ela vela no silêncio
Enquanto é temporal
Vela calada pelo poeta

Barcos e velas
Enquanto ela por ele vela
à forte ventania

Ela por ele vela muda
A vela acesa do amor
Coração não muda

Uma prece silenciosa
Molhada insistência
Soprando velas

Face ao temporal
Velando persiste
Pela paz ao final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!