sexta-feira, 2 de outubro de 2009

egoísmo

"Internet ruim, cacilda!"

Hoje, de repente, me deparo com certo comportamento. Não faz muito tempo, mudamos de internet a radio para internet ..., um tanto quanto mais rápida. A internet é maravilhosa, quando funciona. Acontece que, por ironia do destino, aqui em casa, poucas vezes ela funciona. - Ressalto que, quando ela funciona, só elogios. Xuxu-beleza. Continuamos carentes de conexão rápida. Por ser viciada em conversar via net, fico extremamente irritada quando não consigo isso. Por que sempre tem que acontecer na hora em que eu quero conversar? Por quê? Isso me irrita profundamente. Não é de irritar e entristecer quando você passa o dia inteiro esperando por um momento e, naquele momento, exatamente naquele, entra água? *Entrar água, do verbo ih,não presta mais.

Então, algo que não costuma acontecer, deu de acontecer hoje, no meio de minha irritação. Refleti sobre a modo como fico irritada quando não consigo conversar com pessoas que gosto muito pela internet e procurei pensar se alguém fazia o mesmo por mim. Daí, pensei como Deus pode também ter o mesmo sentimento por mim. Sei que Ele não sente a mesma coisa, porque não é imaturo nem sanguíneo como eu. Mas, dadas as proporções, talvez, se Ele me ama tanto, deve sentir falta de mim quando eu encho meu dia de todas as coisas que eu gosto. De algum modo, 'conversar com Ele' não está incluído nas minhas 24 horas diárias, entre as coisas que eu tenho prazer. Embora no papel, dentro de uma tabela detalhada de atividades, esteja escrito "Ler a Bíblia e orar", a partir das 7:30 da manhã, nenhum dia consegui cumprir o planejado. Isso me fez refletir... De que adianta estar no papel? Talvez não esteja no coração.

De repente, vi que meu sentimento de frustração, por mais que seja cercado de imaturidade, faz algum sentido. Não gosto de planejar conversar com alguém, esperar por alguém, ter muito a oferecer a alguém e, no final das contas, não poder encontrar com esse alguém. É ruim, é frustrante. Devo ter herdado isso de Deus. Eu sei que Ele quer me encontrar, que me ama infinitamente mais do que eu amo as pessoas com quem tanto anseio conversar, que espera por um momento a sós comigo, que tem muito a me oferecer. Mas nem sempre, ou ainda, dificilmente, estou disponível. Agora parece tão insignificante uma internet ruim... Claro que quero uma internet boa, com web cam e tudo mais que me facilite o contato com as pessoas que amo, mas... prefiro estar disponível em rede com Deus. Prefiro estar disponível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!