segunda-feira, 6 de julho de 2009

Medo de envelhecer



















- Nem me fale em envelhecer, tenho medo...
- Não tenho medo, Bruneco. Não tenha...


Quem disse que não é tão bom brincar, sorrir, correr ao vento...? Quem disse que não é tudo, dançar, cantar, pular no vento...? Quem disse que não é melhor saltar de pára-quedas, corpo ao vento...? Quem disse que não é prazer, nascer, viver e aproveitar, delícias ao vento...? Quem disse que é ruim curtir, e ter vigor pra divertir...? Quem disse que faz mal namorar, sonhar, ler muito e trabalhar...? Quem disse que é dor gargalhar, bolar de rir, comemorar...? Quem disse que é pesar planejar, construir, casar, e desfrutar do bem que a juventude dá, nos tempos que vão no vento...?


O tempo passa tão sutil, o hoje passa num instante... E agora que eu não tenho mais saúde pra correr, saltar, nem posso mais dançar como antes, nem vejo nem escuto tudo, nem faço tantos movimentos, nem saio à hora que eu planejo, nem faço mais estripulias... Mas escute o que eu lhe digo, caro amigo, porque o corpo já não é mais o mesmo, nem mesmo a memória... mas o coração retém a esperança, e transparece em meu rosto a alegria dos velhos tempos... Esteja certo, jovem amigo, que dentro de mim uma criança mora, e salta e brinca de viver. E mesmo que em breve, eu sei, virá a hora, de deixar minhas trouxas e pra novo lugar partir, e mesmo que mais perto de mim esteja a porta de entrada para o lugar sem fim, e mesmo que minha poesia ganhe reticências e minha canção em "dó" termine em "si", até meu último suspiro, pulsará em meu peito paz, alegria do que vivo e vivi... E se meu riso não mais sorrir, creia, caro amigo, não é que não ria mais meu coração... é que passei pela porta... ser jovem, caro aventureiro, é você quem decide ser. Ser jovem é estar vivo. Ser jovem é de dentro pra fora. Ser jovem é saber que nascemos para a eternidade...

(Homenagem ao meu querido Bruno, que confessou ter medo de envelhecer...
Amo-te, amigo. Não tenhas medo.)
(Na foto: Henrique lindo, meu priminho! Que esse sorriso dure até seu último suspiro...)

Um comentário:

  1. lindo texto.
    acho q com o passar dos dias agente vai perdendo o medo de envelhecer, a medida que ficamos + velhos , kkk

    obrigado pela homenagem
    vc eh d+
    bjos

    ResponderExcluir

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!