segunda-feira, 27 de junho de 2011

Se tu flores, eu flor

A Cecília Meireles

Se tu flores, eu flor

Nas conchas espumosas,
Na lua de luz escondida,
Nas águas tempestuosas,
Na aflição de despedida,

Reconheço-te, poetisa!
Cores azuis da tristeza,
Pela pétala mais lisa,
Pelas rochas de aspereza.

Embarco contigo, oceano
De passagem, poetizando.
Escrevo das cores da dor
Por onde e por quando eu flor.

(Mima Moura - 27 de Junho de 2011)





2 comentários:

  1. que lindo! li errado e pensei q era da cecília, depois vi que era sua e ficou ainda mais bela.
    Te amo
    saudade irmanzinha =)

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo!! Juro que senti cheiro de flores viajando neste seu poema! ;**

    ResponderExcluir

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!