terça-feira, 5 de abril de 2011

Portas (Josué Rodrigues)

Portas que se fecham são iguais as que se abrem
Se abertas ou fechadas por Deus
Não quero, não espero o que Dele não procede
Bem sei que o que prefiro, nem sempre é o melhor pra mim
Nem sempre oh não...

Portas que se fecham são iguais as que se abrem
Se abertas ou fechadas por Deus
Não quero não espero o que dele não procede
Bem sei que o que prefiro
Nem sempre é o melhor pra mim

Há outras fontes que não vem do Pai das luzes
Mas só nos sons que surgem não me consolarão
Que outra mãos dispensarão
De graça amor e paz?

Abrindo e fechando são portas que orientam
No tempo certo e como Ele escolheu pra mim
Prossigo em meu caminho confiando em Suas palavras
Os que Nele esperam jamais se cansarão, jamais se frustrarão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!