terça-feira, 5 de abril de 2011

Aprendendo a Vida (Carlinhos Veiga)

Pior do que não ser
É sentir-se pronto
Iludir-se acabado
Sentir-se feito

Pior do que não ver
É não se enxergar
Ter dois olhos pros outros
E uma cegueira pra si

Pior do que a mudez
É não se calar
Fazer das palavras
Suas armas ferinas

Pior do que não ter
É não se amar
Pois só sabe amar
Quem aprende a calar
Quem aprende a se ver
Quem aprende a ser
Quem aprende a se dar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!