terça-feira, 1 de novembro de 2011

Sol, que tão só
só se estende
e vai, lentamente
e solidário
fazendo seu trabalho
solitário.

Sorridente,
Sorve a dor em
dia inteiro.
E a solidão
faz-se luzeiro.
Solução do só(l).



10 comentários:

  1. É primavera e aqui tá frio. Li teu texto e me senti aquecida pelo sol dele.
    Boa terça!

    ResponderExcluir
  2. Que bom, mocinha... o sol, mesmo sozinho, faz um bom trabalho, não é? Beijos, ótima terça pra vc tb.

    ResponderExcluir
  3. Lembrei de uma música:
    A solidão sozinha
    Corria atrás de mim
    Experimentando assim
    A si

    *-* É disso que preciso. Fazer a solidão se experimentar um pouco. Porque eu sei que não estou só. Nunca. ^^ E tu também não, minha menina. Beijooo acreanoo pra ti! :D

    ResponderExcluir
  4. Poxa. Nunca tinha pensado nesse ofício do sol : o secador de lágrimas.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! muito bem construído!
    parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Prezada Mima! Suas palavras ficam mais latentes a cada sol que inaugura os dias que se seguem!

    Muita paz!!!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada, gente, por suas participações. Fico feliz que a poesia de tal maneira nos alcance que nos una.
    Beijos em cada um,

    Mima.

    ResponderExcluir

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!