sábado, 5 de dezembro de 2009

Veloz

"Grita na rua a Sabedoria, nas praças, levanta a sua voz"(Pv. 1.20)








Quem ouvirá a Dama de ouro?

Quem voltará atrás?

Corre, percorre a vida veloz.




Quem sentirá a Moça Dourada?

De ouro banhada e seu lugar

Tesouros fora do tempo veloz.




Quem achará a Rainha procurada?

Perdida ou até aqui não achada?

Quem subirá a encontrá-la veloz?




Os pés dos que correm ao abismo?

Os precipitados no redemoinho?




Alheias lhe pretendem o lugar

Loucura veste-se de prata

Morte, de bronzeada




Olhai só a Moça Dourada

Eterna Majestade, honrada

Sigam-lhe os pés nas calçadas.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!