sábado, 6 de fevereiro de 2010

Surpresa

Caixinha sob a árvore
Sussurro atrás da porta
Moeda no travessereiro
Surpresa!

Balinha no pé de meia
Bilhete à cabeceira
Café preparado à mesa
Surpresa!

Uma flor em dia de nada
Dez reais em bolsa de calça
Palmas lá na calçada
Surpresa!

Cartinha só por lembrança
Um anel pela aliança
Nos planos, pequena mudança
Surpresa!

Versinhos em dias corridos
Mensagem de madrugada
Chuva em manhã ensolarada
Surpresa!

Surpresa, surpresa!
Simples como seja
Venha-me em cor de sol
ou em flor de cerejeira
Em tempos oportunos
Por quem quer que seja
Apenas me venha
Como meu coração deseja.

Um comentário:

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!