terça-feira, 2 de setembro de 2008

Cuidado com as palavras

O escrito nunca é dito
O dito, que não seja nunca escrito...
As palavras não dizem tudo
Mesmo que o tudo seja fácil de dizer
Com certeza fala bem melhor o mudo
Se sua atitude manifesta o que crê
Compromisso, sumisso, omisso
Ou faz o que fala, ou se cala de uma vez
Que não venha sobre si justo juízo
Pois terrível coisa é cair nas mãos do Rei
Mesma língua que abençoa, amalçoa?
Mesma língua canta um hino
E traz divisão?
Não pode, da mesma fonte, o doce e o amargo
Se Cristo habita, de fato, no coração
(Sérgio Pimenta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!