terça-feira, 20 de abril de 2010

Um mundo de afetos

Fito foto, fito o jornal
Foco triste imagem fatal
Mundo desfeito.

Fato enfático
Afeta nosso histórico
homem-defeito.

O feito finito
Por Perfeito Infinito
Muda o conceito.

Ah... mundo nosso...

Refuta, refina
Afeto latente
Larga essa dor.

O preso, o pobre
O perdido, o doente
A função do amor.

O futuro, um feto
Gerado por todos nós
Afeto nascente.

O futuro, um filho
De todos nós
Afetos-presentes.

2 comentários:

  1. Tá vendo pq eu insisto em ser teu fã?
    assim eu n resisto...

    amor, vc eh uma das minhas maiores 'fontes' de afeto... aliás, vc tornou minha vida mt mais afetuosa.
    Só posso agradecer a Deus por ter vc...


    obrigada por participar, minha linda... sou teu fã, de verdade!

    te amo:

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do seu poema, Mima, do jogo de palavras e do ritmo perfeitos.

    Parabéns, e um "mundo de afetos" pra você.

    ResponderExcluir

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!