segunda-feira, 26 de abril de 2010

Um chá com o Silêncio

E eu o ouvia atentamente, enquanto ele me falava, sem intervalos, da vida, do amor e da saudade. Eu o admirava por tamanha sabedoria. Favala-me como ninguém. Seu discurso parecia percorrer os corredores de toda a minha vida e eu fazia que sim com a cabeça, que o entendia, e que o ouviria mais e mais, por toda a minha vida. Até que, empolgado com toda a minha atenção, passou a falar rápido demais, embaralhando-se, então, as idéias na minha mente... e eu dei o primeiro bocejo. Eu gostaria de ouvi-lo mais, mas...

2 comentários:

  1. O silêncio sempre tem algo a nos ensinar..
    lindo txto amor,
    te amo

    ResponderExcluir
  2. Para variar, o teu blog é um dos melhores que conheço!! Hehehehe..
    Aproveitando, inventei de fazer um pra mim. Fala de tudo um pouco. Saca lá: www.meuniversos.blogspot.com

    Bjo!
    Saudades!

    ResponderExcluir

Lança uma flor ou uma flecha. Só não passes por aqui sem deixar-me um pouco de ti.

Imagens

http://photo.net/

google/imagens

Visitantes

Seguidores

No jardim...

Siga-me por email!